Tendências para gestão de pessoas no setor público

Tendências para Gestão de Pessoas no Setor Público

A modernização nos órgãos públicos também nos remete à gestão de pessoas como uma importante etapa na administração e organização das instituições.

Desenvolver uma boa gestão de pessoas no setor público não é uma tarefa simples. Neste post, você irá conferir quais são as tendências, os principais desafios e a solução que os gestores buscam para modernizar o setor.

Continue a leitura!

Gestão de pessoas no setor público: Como funciona?

Antes de tratarmos diretamente sobre a gestão de recursos humanos (RH) no setor público, é importante relembrarmos que o conceito está relacionado à junção de habilidades, métodos, políticas, técnicas e práticas definidas.

A gestão de pessoas ocorre através da participação, capacitação, envolvimento e desenvolvimento dos servidores e colaboradores, refletindo em uma humanização nos setores da organização.

No setor público, as contratações geralmente acontecem mediante a realização e aprovação do candidato em concurso público. Os desafios propostos a partir daí são cruciais para que o servidor possa progredir na carreira e cumprir suas funções de maneira produtiva e eficaz.

Leia também: Inovação no setor público: Confira 5 dicas!

Confira as principais tendências para gestão de RH

Reunimos algumas tendências que visam à geração de maior engajamento e dedicação pelos colaboradores. Confira!

  • Transformação hierárquica

Aqui, há uma passagem do modelo burocrático, excessivamente rígido e formal, para o gerencial, em que há descentralização, delegação de autoridade e foco em resultados.

  • Experiência do usuário

Os cidadãos fazem parte da estruturação dos produtos e serviços. Sendo assim, concentrar-se em suas reais necessidades torna-se fundamental no processo de gestão, visto que o objetivo é atingir a excelência no atendimento, promovendo eficiência, eficácia e efetividade voltadas às novas demandas do mercado.

  • Promoção de qualidade de vida

Esta estratégia é voltada à otimização da produtividade e garantia de satisfação do servidor ou colaborador. Trata-se de um elo entre os interesses individuais dos gestores e dos servidores. Há preocupação por parte dos gestores com o bem-estar do profissional, incluindo a sua saúde física e mental.

  • Implantação de um sistema de recompensas justo

Esta estratégia busca motivar e reter os melhores talentos na área pública com o intuito de gerar um maior nível de desempenho e produtividade no trabalho, de modo que:

  • Melhora o nível de relacionamento dos gestores com os colaboradores, mantendo, desta forma, um comportamento ético no órgão público;
  • Proporciona a evolução do sistema de gestão fordista e taylorista, para um modelo capaz de manter e desenvolver talentos.

Os sistemas fordista (baseado na produção em massa) e taylorista (em que cada indivíduo deveria cumprir sua tarefa no menor tempo possível, sendo premiados aqueles que se destacavam) faziam com que os trabalhadores fossem vistos como máquinas.

Desta forma, eles resultavam em pouca motivação em relação ao trabalho desempenhado e rara visão sobre possibilidade de ascensão profissional, já que o foco dos gestores na época era apenas a produtividade, em detrimento das pessoas.

Gestão de PessoasPowered by Rock Convert

A boa notícia é que a nova tendência de gestão de pessoas no setor público é voltada à humanização no relacionamento com os servidores e colaboradores e à ocorrência de investimento na formação do capital humano.

  • Desenvolvimento de lideranças que inspiram

O investimento em capacitação de lideranças é forte tendência no setor de RH. De acordo com o CEO da Great Place to Work, Michael C. Bush, o conceito de líder envolve mais do que gestores, diretores e presidentes das empresas. Segundo ele, o ideal é que cada profissional da instituição tenha capacidade de influenciar outros colaboradores.

É importante lembrar que o líder deve agir como um agente de mudanças e disseminador desta cultura no local onde trabalha.

  • Treinamentos para servidores e colaboradores aliados à tecnologia

É importante que haja a criação de programas de treinamento e desenvolvimento profissional para que os servidores estejam alinhados às atividades e à cultura organizacional. 

Isto se faz necessário para a criação de um ambiente mais estimulante e desafiador, em que os colaboradores possam se sentir responsáveis pelos resultados alcançados. É preciso estimulá-los para a inovação, valorizando a sua opinião, criando oportunidades para a sua participação nos objetivos da organização e seu desenvolvimento profissional.

Neste momento de transformação digital que estamos vivenciando, destacamos a tendência de “Learning in the Flow of Work (Aprendizado no Fluxo de Trabalho, em tradução livre), que consiste na utilização de plataformas e ferramentas que possibilitam o aprendizado contínuo no próprio ambiente da empresa.

  • Otimização das estratégias de comunicação interna

O feedback e o coaching vêm tornando-se estratégias cada vez mais essenciais à gestão voltada a resultados. Através destas ferramentas de comunicação, há aceleração nas mudanças de atitudes e posturas dos colaboradores, de forma que eles atingem com maior rapidez o seu potencial máximo aliado às expectativas e metas organizacionais.

  • Utilização de soluções em nuvem

Outra tendência crescente, quanto à transformação digital no setor público, refere-se à utilização de soluções em nuvem. Desta forma, as organizações conseguem acessar as informações via internet, de forma rápida e segura. O acesso é totalmente independente de programas instalados no computador.

Algumas das vantagens da computação em nuvem são: alta disponibilidade dos serviços, segurança das informações, redução de custos, praticidade e garantia de se estar trabalhando sempre com as versões mais atualizadas das soluções.

Leia também: Governo Paperless: 3 dicas para otimizar a gestão pública!

  • Automatização de processos

Temos ainda a automatização de processos como grande aliada à gestão de pessoas no setor público. Há soluções desenvolvidas por especialistas, que buscam auxiliar nas tomadas de decisões e proporcionar a entrega de resultados de forma ágil e eficiente. 

Por exemplo, o uso de um software de gestão de pessoas e folhas de pagamento, como o Ergon, possibilita a automatização dos processos e a geração dos cálculos financeiros dos servidores de forma automática.

Utilizar a inovação digital nos processos administrativos, além de otimizar o tempo, mitigar erros e falhas, também aumenta a produtividade e reduz custos. Todos os dados da organização e seus colaboradores são armazenados de forma segura.

Acesse nosso site e conheça todas as funcionalidades do Ergon!

 

Iniciativa privada influencia a gestão públicaPowered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.