Humanização no setor público

Humanização no setor público: Descubra a importância de adotá-la em sua instituição

Para que as instituições funcionem de forma eficiente, adotar a humanização no setor público é fundamental. Os servidores são os principais responsáveis pelo bom funcionamento da organização e pelo andamento das demandas dos cidadãos.

Sendo assim, realizar ações voltadas à promoção da cidadania, integração, sensibilização e à motivação dos gestores, servidores e usuários, permite a humanização do setor e na consequente melhora dos atendimentos.

Neste artigo você vai entender a importância de implementar a política de humanização no setor público, além de conferir algumas atividades que devem ser desenvolvidas por órgãos ou entidades que integrem ou venham a integrar a rede estadual de humanização e muito mais.

Continue conosco!

Humanização no setor público: entenda!

As organizações do setor público ou da iniciativa privada, vêm passando por constantes transformações. As mudanças que podem ser sociais, econômicas, políticas e/ou tecnológicas, requerem altos padrões de competitividade que podem ser extensos à nível global.

Porém, para alcançar os altos padrões, é preciso não só pensar, como também realizar ações voltadas à atração, retenção e ao desenvolvimento dos profissionais. 

Durante o exercício das suas atividades nas instituições públicas, os servidores são pautados pelo cumprimento de normas rigorosas, aliadas aos rituais burocráticos e formais. 

Assim, é fundamental implementar soluções que tornem os processos internos mais ágeis e flexíveis, de modo que haja a possibilidade de adaptação a novos desafios e demandas. 

Isso quer dizer que, no processo de gestão de pessoas no setor público, é interessante que os líderes e gestores adotem a gestão de forma mais democrática e participativa, de maneira a desenvolver as competências e satisfazer as necessidades dos servidores e colaboradores.

A humanização do setor público pode ser definida como o processo de tornar algo mais humano e respeitoso, pautado pela ética profissional e pela empatia.

Lei nº 3.356 de 18 de dezembro de 2017

A Lei  nº 3.356 de 18 de dezembro de 2017 sancionada no Estado do Acre, institui a política estadual de humanização da gestão pública para a administração pública.

Em seu art 1º, reforça a finalidade voltada à promoção da cidadania, integração, sensibilização e motivação dos gestores, servidores e usuários, focando na humanização do servidor e promovendo, consequentemente, a melhoria do atendimento ao cidadão.

Já no 2º parágrafo, a Lei define algumas atividades a serem desenvolvidas pela diretoria de humanização da Secretaria de Estado da Gestão Administrativa – SGA e, também, por outros órgãos ou entidades, que integrem ou venham a integrar a rede estadual de humanização, responsável pela política de humanização do Estado.

Confira, a seguir, algumas das ações mencionadas:

  • Incentivo para que o ambiente e a prestação do serviço público se tornem mais humanizados;
  • Ações que promovam a interação entre todos os órgãos e entidades do Poder Executivo;
  • Ações que estimulem, sensibilizem e motivem gestores, servidores e usuários para tornar o serviço público mais humanizado;
  • Realizar ações voltadas à promoção do relacionamento interpessoal, da comunicação e do atendimento interno e externo de forma mais humanizada;
  • Inserção no cotidiano das entidades e órgãos, de práticas motivacionais e de melhoria da qualidade de vida no trabalho, incluindo as atividades artístico-culturais e sócio-interacionais;
  • Estímulo do senso de pertencimento dos servidores em relação ao serviço público, entidades e órgãos, construindo atitudes como ética, proatividade, empatia, cooperação, protagonismo, respeito à diversidade e responsabilidade social, cidadã e ambiental, entre outros.

Leia também: Lei de autenticação de documentos: entenda as mudanças para o setor público!

É válido ressaltar o papel social da instituição pública, que é voltado à prestação de serviços com qualidade, responsabilidade pelo atendimento ao público e a economia de seus recursos, sem deixar de lado os princípios fundamentais como:

  • Legalidade
  • Impessoalidade
  • Moralidade
  • Publicidade
  • Eficiência

Inovação e humanização no setor público

Surgida na esfera governamental, a reforma administrativa pode ser vista como uma ferramenta utilizada em busca de mudança, inovação e qualidade no setor público, por meio de ações implementadas de forma estratégica, visando a atração, retenção e o desenvolvimento dos servidores.

Existem três modelos da gestão pública, a saber:

  • Patrimonialista: Com vigência até o final do século XIX, a corrupção e o nepotismo eram dominantes na administração. O aparelho do Estado funcionava como extensão do poder do soberano e havia muita centralização e hierarquia.
  • Burocrática: Com vigência no início do século XX, este modelo é baseado em regras e normas. Ele busca a eficiência por meio dos princípios de impessoalidade, formalidade e profissionalismo.
  • Gerencial: Já o modelo gerencial tem sua vigência na segunda metade do século XX e é baseado na flexibilidade para combater a rigidez burocrática, reduzindo custos por meio da qualidade vs produtividade. Aqui, há autonomia do administrador com delegação de autoridade, e fixação de metas e objetivos.

Confira algumas práticas para promover a humanização no setor público:

  • Incentive uma gestão mais participativa;
  • Melhore o ambiente de trabalho;
  • Pratique o acolhimento;
  • Defenda os direitos dos servidores públicos e da população;
  • Leve queixas e reclamações a sério.

Neste artigo você entendeu a importância da humanização no setor público, além de conferir dicas para tornar sua gestão mais humanizada.

Gostou do conteúdo? Compartilhe em suas redes sociais. Torne os processos do departamento de RH mais ágeis! Conheça o Ergon, nosso software de gestão de pessoas e folha de pagamento voltado ao setor público. Acesse nosso site e conheça todas as funcionalidades da solução!

Gestão de PessoasPowered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.